13 de Novembro, 2018 | Online

A microbiota humana, o verdadeiro fantasma na máquina?

Horário e local:

13 de Novembro de 2018, às 19:00hrs

Online

Valor: Gratuito

Sobre o evento:

 

O filósofo inglês Gilbert Ryle usou a expressão “fantasma na máquina” para criticar a separação entre mente e corpo físico em duas entidades distintas. Hoje nós sabemos que o pensamento e as emoções também são processos fisiológicos normais e, portanto, não haveria um “fantasma” controlando a máquina humana. 
Mas será que ele estava certo? Nesse webpapo eu farei a seguinte provocação: Será que os microrganismos que vivem no nosso corpo não influenciam nossas ações? Nossa microbiota poderia ser o verdadeiro fantasma na máquina? 

Vamos conversar sobre a multidão de seres microscópicos que vivem no nosso corpo, as bactérias fungos e vírus que nos usam com sua casa, a chamada microbiota humana. Hoje em dia nós sabemos que esses microrganismos tem um papel muito importante na prevenção de doenças, no desenvolvimento do nosso sistema imunológico e no surgimento de doenças crônica ou autoimunes. Além disso, nossa microbiota é muito importante na nossa alimentação, nos auxiliando a digerir alimentos, produzindo vitaminas, destruindo compostos carcinogênicos.
Para completar isso tudo, muitos estudos tem observado que esses microrganismos tem um efeito no nosso sistema nervoso central, podendo até enviar mensagens para o nosso cérebro. 
A nossa microbiota é literalmente um canivete suíço! Um novo órgão do nosso corpo, com uma atividade metabólica que ainda não foi completamente elucidada. As descobertas sobre esse assunto que se desenrolam e as que se encaminham nos próximos anos terão um efeito marcante na medicina moderna. 

No nosso laboratório estamos dando uma pequena contribuição e tentando entender como bactérias da microbiota interagem com o hospedeiro, tanto em cenários de doença como saúde. E nesse webinário, eu vou contar tudo que nós sabemos para vocês.

Convidado:

  • Leandro Lobo

Sou formado em microbiologia e imunologia pela UFRJ, com doutorado pela Universidade de Helsinki, na Finlândia. Após alguns anos como posdoc na Carolina do Norte, voltei para o Brasil como professor no Laboratório de Biologia de Anaeróbios, na UFRJ. Minha área de pesquisa é a bacteriologia médica e microbiota humana, com ênfase em bactérias anaeróbias que vivem no nosso intestino. Sou formado em microbiologia e imunologia pela UFRJ, com doutorado pela Universidade de Helsinki, na Finlândia. Após alguns anos como posdoc na Carolina do Norte, voltei para o Brasil como professor no Laboratório de Biologia de Anaeróbios, na UFRJ. Minha área de pesquisa é a bacteriologia médica e microbiota humana, com ênfase em bactérias anaeróbias que vivem no nosso intestino.

Compartilhe este evento

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon

© 2017 por Rede de Pesquisadores